De olho no mercado nacional

Texto: Vitor Giglio Fotos: Divulgação

Maior fabricante de tetos solares do mundo, alemã Webasto se prepara para aumento da demanda pelo acessório na frota brasileira

Os números são de impressionar: aproximadamente 3,2 bilhões de euros em vendas e mais de 12.000 funcionários em todo o planeta. Esta é a alemã Webasto, umas das 100 maiores fornecedoras para montadoras do mercado automotivo, e líder global no nicho de tetos solares, panorâmicos e tetos conversíveis.

O diretor de desenvolvimento da empresa, o alemão Stephan Von Kralik, deixou a sede em Stockdorf, na Bavária, e visitou o Brasil no último dia 4 de abril.

Em encontro com a imprensa, o executivo alemão garantiu que a empresa vê potencial no mercado nacional, e acredita que é questão de tempo até que os negócios da multinacional cresçam exponencialmente por aqui. “Tudo depende do tempo que vai levar para o mercado superar essa crise econômica. Nós temos certeza que quando as montadoras voltarem a vender mais, a demanda por modelos com tetos solares irá crescer também”, afirma.

Von Kralik admite que a quantidade de veículos pequenos em circulação no país é uma peculiaridade que não favorece a popularização dos tetos solares, mas garante também que vê este cenário mudando. “Hoje em dia as pessoas estão cada vez mais preferindo carros maiores. Esta é uma tendência mundial”, afirma o diretor.

Apesar de possuir lojas autorizadas a instalar seus produtos também no mercado de reposição, a Webasto foca mesmo é no relacionamento com as montadoras, e espera que dentro dos próximos anos, possa estar produzindo para a grande maioria das que atuam no país. “Nós produzimos com um padrão de qualidade que é até mais rígido do que o do OEM. É por isso que trabalhamos com praticamente todas as montadoras no mercado externo. É o que buscamos para o mercado brasileiro em um futuro próximo também”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA