DENTRO OU FORA?

Texto: Natália Inzinna Fotos: Ricardo Kruppa

Trio elétrico instalado em Saveiro Cross 2010 pode ser trocado de lugar, é só escolher: na cabine ou na caçamba?

Trio elétrico instalado em Saveiro Cross 2010 pode ser trocado de lugar, é só escolher: na cabine ou na caçamba?

Um trio elétrico potente, para escutar a qualquer hora – dentro e fora do carro. Para animar o dia-a-dia e também as festas em sítios e viagens à praia. Esse é o som que Denis Henrique Bonetti queria em sua Saveiro Cross e é, exatamente, o que conseguiu. O microempresário de apenas 22 anos é o tipo de jovem que sabe bem o que quer, pelo menos quando os assuntos são carro e som automotivo.

“Já tive cinco carros, todos customizados. Quando compro um, só fico com ele no primeiro dia, logo depois levo para a oficina”, conta. Não foi diferente com o modelo da Volkswagen. Depois de rebaixar a suspensão, o destino do veículo foi a Magic Audio Car, onde Rosiel Cândido da Silva, 35, proprietário da loja, foi o responsável por projetar o sistema de áudio. “Como a Saveiro era zero, ele (Denis) me pediu para manter a originalidade. Quanto ao som, ele pediu algo que pudesse ouvir dentro e fora do carro”, explica.

Dois em um

O trio elétrico que, durante a semana, ocupa o espaço interno do carro, vai direto para a caçamba quando o proprietário decide viajar para a praia ou algum sítio. “Eu viajo bastante e gosto de curtir o som com os amigos”, diz. Mas o fato é: morar em São Paulo e ter um trio elétrico na caçamba de um veículo não é a coisa mais segura do mundo. Por isso, Denis optou por essa configuração – que também permite a ele curtir o batidão dentro do carro, em seu dia-a-dia. A caixa única, que abriga todos os equipamentos, não foi parafusada à lataria para que possa ser movida com facilidade.

“Ela encaixa perfeitamente tanto no espaço atrás dos bancos, quanto na caçamba”, explica Rosiel. Assim, Denis pode mudá-la de lugar sempre que quiser, e sem dificuldade. Construída em MDF e com acabamento em carpete, a caixa possui câmaras individuais para cada componente do sistema. Virados para frente, os pares de cornetas e supertweeters Hinor são responsáveis pelas frequências de voz presentes nas canções. Os subwoofers de 12” também ganharam compartimentos próprios, com dutos. Porém, só é possível enxergá-los quando a caixa é virada, já que eles estão direcionados para a parte de trás do carro.

Rosiel explica que os responsáveis pelo batidão foram invertidos dessa maneira por uma questão acústica. “Os falantes invertidos reforçam os graves, gerando uma acústica melhor dentro da cabine”, esclarece. Assim como os demais falantes do sistema, os subwoofers são da marca Hinor, de 900 WRMS cada. Bom para o batidão, não é mesmo? Em cima da caixa trio foi instalado um amplificador Taramp’s, modelo T-20.2KW. O módulo mono destina seus 20.200WRMS apenas aos subwoofers. O restante dos falantes é impulsionado por outro amplificador – da H-Buster. O aparelho possui quatro canais, cada um com 600WRMS de potência. Para compor a fiação, todos os cabos utilizados são da marca Uniq Cable.

Vai um joguinho aí?

Responsável por capitanear o sistema, o DVD player Pioneer com tela retrátil de 7” foi acomodado no painel central da Saveiro. Além de Bluetooth, entrada USB e cartão de memória – originais do modelo – Rosiel agregou ao aparelho um receptor de TV digital. Para encontrar o caminho correto durante suas viagens, Denis também fez questão de um GPS Motorola portátil.

Mas só isso não foi suficiente para o proprietário do carro, que garantiu a diversão dentro do Volkswagen com a instalação de um PlayStation 2. “O videogame foi colocado no porta-luvas da picape e ligado à tela do player”, conta Rosiel. Além do trio elétrico, dois kits duas vias Hinor, da linha Cruzader, também foram colocados na cabine. Na frente, os midbass de 6” foram posicionados nas portas e atrás, o kit com médios de 5” ocuparam as laterais. “Os kits dão efeito de qualidade, porque reproduzem melhor as frequências de voz e agudos”, explica Rosiel.

Estética personalizada

As mudanças realizadas no exterior da Saveiro são poucas. Porém, são esses pequenos detalhes que fazem dela um modelo diferente dos originais. A suspensão foi a primeira coisa a ser modificada. “Todos os meus carros foram rebaixados, eu adoro”, revela Denis. E não foi diferente com a Saveiro Cross, que possui suspensão a rosca desenvolvida pela Quality Suspensões. Para acompanhar o novo estilo da picape, todos os faróis receberam lâmpadas de xenônio, inclusive os de neblina. As lanternas e luz de ré receberam barras de LED e a luz de cortesia teve as lâmpadas originais trocadas por LED também.

Já os vidros foram revestidos por uma película verde natural. Mas o que para Denis é primordial, assim como a suspensão, é o jogo de rodas. As originais foram trocadas por modelos cromados de 20”, da Foose. As redondas são envoltas por pneus Toyo, medida 235/30/20. Depois das alterações estéticas, trio elétrico, player com TV digital e PlayStation 2 qual amigo de Denis terá coragem de recusar uma viagem em sua companhia? Uma coisa é certeza: as festas no sítio nunca mais serão as mesmas…