Dicas para manutenção da bandeja da suspensão

nakata-1
Bandeja Nakata

Nakata oferece dicas sobre revisão e instalação das bandejas, item de segurança do veículo

Texto: Redação
Foto: Divulgação/Nakata

Componente da suspensão, a bandeja ou braço oscilante tem como principal função ancorar a roda ao chassi ou monobloco do veículo. Dependendo do tipo de veículo pode ser transversal na dianteira e longitudinal na traseira.

A inspeção das bandejas deve ser feita com o veículo no elevador ou apoiado em cavaletes. Já com o auxílio de uma espátula, é preciso verificar a existência de folga nas buchas inspecionando-as quanto a cortes, rasgos ou descolamentos. Com uma escova de aço eliminar o excesso de impurezas da estrutura e inspecionar as uniões soldadas, furos e as extremidades da bandeja quanto a fissuras e empenamentos perceptíveis a olho nu,  em seguida, segurar uma das rodas com as mãos e aplicar movimentos firmes de vai e vem verificando a existência de folgas longitudinais, radiais ou axiais. Com este teste é possível detectar também folgas nos pivôs e rolamentos de rodas.

Instalando a bandeja

Nunca apertar as bandejas com o veiculo suspenso no elevador, cavalete ou macaco. Esta operação irá provocar ruptura das buchas, em virtude do ângulo de funcionamento ultrapassar os limites de torção da bandeja. O aperto final deve ser feito sempre com o veículo apoiado no chão. Finalizado a troca dos componentes, testar o veiculo através de pequenos arranques e frenagens, observando se acontece algum deslocamento excessivo da roda e após a montagem, o veiculo deve ser alinhado conforme especificação do fabricante.