Passou de fase! – Gol G6 2014

Texto: Ademir Pernias Fotos: Ricardo Kruppa

Comerciante de São Paulo, aos poucos, deixou seu Gol G6 do jeitinho que ele queria. “Estou realizado”, diz

Quando os filmes da franquia Velozes & Furiosos faziam a cabeça da geração que mudou o conceito da customização automotiva no Brasil, no início do século, o comerciante paulistano Maurício Hitoshi Hatsuga, de 28 anos, era um adolescente e nem tinha carteira de habilitação.

Mas as ideias popularizadas pelo roteiro e pelos personagens vividos pelos atores Vin Diesel e Paul Walker mudariam para sempre o modo com que Maurício encararia o objeto “automóvel”.

“Sempre fui apaixonado por carro e o filme despertou em mim a vontade de modificar”, conta.

O comerciante, cujo primeiro veículo foi um Celta rebaixado, diz que turbo, suspensão rebaixada e rodas esportivas são os três itens que integram a “cesta básica” de qualquer customização que se preze.

E foram essas três personalizações as priorizadas no Gol G6 mostrado nesta reportagem. “Quando retirei o carro da concessionária, confesso que tentei resistir a tirá-lo da originalidade”, conta Maurício.

Mas essa resistência durou apenas três meses. “Logo troquei as rodas, um ano depois mandei rebaixar e depois veio o som e a preparação do motor”, define as “fases” do trabalho feito em seu Gol.

Tiro, porrada e bomba!

Ou melhor, roda, suspensão e turbo. A primeira modificação no Gol G6 1.6 foi a substituição das redondas originais por modelos de 18×7,5”, da marca GSW, modelo GTR Sports, que foram calçadas com pneus Nankang 205/35.

A proximidade com o asfalto veio graças a um kit de suspensão fixa encomendado à Minato Suspensões. Mas Maurício já explica que tem planos de instalar um sistema de suspensão a ar em seu Gol. Faróis baixo e milha receberam lâmpadas de xénon.

O motor originalmente aspirado, com cerca de 104 cv, recebeu um upgrade feito na oficina paulistana SNC Racing.

A preparação inclui um kit turbo básico Gt25, com pressão de 0,6 bar, com coletor de alumínio e sistema eletrônico de injeção programável FuelTech GT 400.

O upgrade elevou a cavalaria para algo entre 180 e 190 cv, de acordo com Maurício, que planeja passar seu carro em um dinamômetro para aferir o ganho real.

“Som ambiente”

Cumpridos os três itens obrigatórios do “triatlo” de Maurício, era chegada a hora de ampliar a diversão. “Paralelamente à customização e à preparação, cheguei até a Top’s Garage – loja de Sussumu Tugumi, na zona leste da capital paulista – por indicação de amigos.

Ali o comerciante apresentou ao expert em som automotivo os equipamentos que ele já tinha comprado, e solicitou um projeto de som com eles.

“Ele já trouxe os produtos, disse o que pretendia e eu sugeri algumas adaptações, que foram aceitas por ele”, conta Sussumu.

Fã de hits sertanejos, como os criados pela dupla Jorge e Mateus, e de música eletrônica, Maurício diz que apenas o funk passa longe de suas playlists.

Informado disso, Sussumu tratou de equalizar o sistema para que a faixa de frequências médio-graves fosse enfatizada.

A unidade principal é uma central multimídia Kenwood modelo DDX 4070BT. Nas portas dianteiras, nos espaços originais designados pela montadora, foram acomodados os itens de um kit duas vias MB Quart, com médios, tweeters e divisores de frequência. Na traseira, um par de coaxiais cuida da ambiência no compartimento dos passageiros.

No porta-malas está instalado o conjunto que garante a reprodução dos tão desejados graves nos sistemas de áudio automotivos.

Ali, os profissionais da Top’s Garage acomodaram duas caixas acústicas seladas, construídas em fibra, onde tocam dois subwoofers JL Audio de 10”. Na parede atrás do banco, um rack sustenta um amplificador MB Quart mono modelo FX.1600, que movimenta os subs.

No lado oposto desse rack, atrás da fileira dos bancos traseiros, outro amplificador Ophera, de 4 canais, toca os kits duas vias e os coaxiais. O local também abriga um porta-fusíveis, para segurança elétrica do sistema.

Sussumu conta que utilizou cabos RCA Stinger Série 8000 e cabos de força e de alto-falantes Ophera.

Para quem se disse fã de carro rebaixado, turbinado e com “rodonas”, um sistema de som de qualidade para tocar os hits sertanejos do momento não poderia vir em melhor hora. “Estou realizado”, diz Maurício.

Quem fez:

Top’s Garage

Tel. (11) 4508-4500.

Ficha técnica

Gol G6

Customização

Rodas GSW GTR Sports 18×7,5”

Pneus Nankang 205/35

Suspensão fixa

Xénon nos faróis baixo e milha

Preparação

Kit turbo Gt25, com pressão de 0,6 bar

Coletor de alumínio

Kit de injeção programável FuelTech GT 400

Som

Central multimídia Kenwood DDX 4070BT

Kit duas vias MB Quart

Falantes coaxiais

Subwoofers JL Audio de 10”

Amplificador MB Quart mono FX.1600

Amplificador Ophera 4 canais

Fiação RCA Stinger

Fiação força e falantes Ophera

*Matéria publicada na edição #205 da revista Car Stereo.